Complot

Este blogue nada tem de original. Fala de assuntos diversos como a política nacional ou internacional. Levanta questões sobre a sociedade moderna. No entanto, pelo seu título - Complot -, algo está submerso, mensagens codificadas que se encontram no meio de inocentes textos. Eis o desafio do século: descobri-las...

A minha fotografia
Nome:
Localização: Praia da Vitória, Terceira, Portugal

segunda-feira, setembro 09, 2013

A Base das Lajes merece um museu



            Após sessenta anos de convívio harmonioso entre dois povos, de partilha de saberes, experiências e vivências, o olhar da terra perdeu-se num futuro que se avizinha sombrio. A Base das Lajes tem um passado que merecia uma homenagem digna, mas até agora ninguém com responsabilidades políticas, militares ou cívicas manifestou vontade nesse sentido.

            Um Museu da Praia da Vitória faz todo o sentido existir se fizer jus à história do concelho, destacando a presença militar americana e todos os episódios relevantes que lá decorreram. Mais do que se centrar na componente bélica, o hipotético museu deveria enaltecer os momentos de diplomacia, a solidariedade entre os povos e a partilha cultural. Há museus para todos os gostos, só não há um museu da base. Digno desse nome.

            É óbvio que a existência de um museu dessa qualidade não se poderia cingir a uma mera exposição fotográfica. Do museu deveriam constar documentos oficiais desclassificados cedidos por instituições como o Ministério da Defesa, o Departamento de Estado norte-americano e até de individualidades com relevo na história da base. Mas, para que isso acontecesse, teria de haver um protocolo de alto nível entre os dois estados, com vista à constituição de um grupo de trabalho que elaborasse um caderno de encargos para a operacionalização desse museu. 

            Não é difícil imaginar a quantidade de registos existentes, a riqueza de documentos que marcaram a história da Europa e dos Estados Unidos e gerados a partir dos Açores ou para os Açores. 

            Erigir um museu dessa envergadura é contribuir para a dinamização da economia local, para a criação de emprego, para o aumento do número de turistas e para a diversificação da oferta cultural da Praia da Vitória. 

            Era bom que esta ideia - nada original - encontrasse eco junto a quem de direito.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial